Saiba como é feita a reciclagem de papel

O papel, material muito utilizado no nosso dia a dia, é um produto extraído da madeira. Suas matérias-primas básicas são as fibras de celulose. Para se tornar aquilo que é essencial para embalagens, cadernos, blocos de notas, livros, jornais, revistas, entre outros, o papel passa por um longo processo de fabricação para se tornar o produto final. Além do corte de árvores, a produção de papel envolve produtos químicos para o branqueamento das folhas e, dessa forma, provoca impactos ambientais importantes. Por isso, a reciclagem de papel é essencial para a preservação do meio ambiente.

Como funciona reciclagem de papel?

Para saber como funciona reciclagem de papel é preciso entender que existem algumas etapas nesse processo. A primeira, chamada de triagem, consiste na separação adequada dos diversos tipos de papel e da exclusão de materiais contaminantes, como elásticos, clips, tintas etc. De acordo com a qualidade do papel triado ocorre uma classificação, que determina os teores de umidade, impurezas e proibitivos existentes no material.

Processo de reciclagem do papel

Uma segunda etapa do processo de reciclagem do papel é a trituração, obtida através de fragmentação, com dimensões pré-determinadas, de lotes de papel e aparas. Após isso, ocorre o enfardamento e a venda de papel usado ou pré-consumo para as indústrias de reciclagem. Ao realizarem o processo de reciclagem de papel industrial, essas indústrias adotam um método semelhante ao de obtenção do papel virgem, porém bem menos intenso.

Processamento nas empresas que fazem reciclagem de papel

Na terceira etapa, as empresas que fazem reciclagem de papel utilizam técnicas de processamento do material de forma a criar uma espécie de massa, que será a base para a formação de novas folhas de papel. Para isso, o papel, depois de lavado, fervido e tratado quimicamente, é misturado com água e passa por um triturador que lembra um liquidificador gigante, o hidrapulper. A massa formada pelo equipamento é peneirada, refinada e recebe aditivos como amido de mandioca e sulfato de alumínio.

A massa de papel a ser reciclada, na quinta etapa, é diluída em água e despejada sobre uma tela para reciclagem de papel ou mesa formadora, que serve como molde para o novo papel. O material, então, é enxugado e passa pela prensa, que já acerta a gramatura de papel. Essa folha úmida é levada para secagem de onde segue para uma enroladeira, uma máquina feita para formar o rolo de papel.

Destinação do Papel reciclado

Ao final do processo, a folha de papel reciclado é enrolada, formando uma bobina. Esse material é distribuído para fábricas que o utilizam em diversos produtos como papel higiênico, toalhas de rosto, guardanapos, sacolas, papéis para embrulho, embalagens para frutas e ovos, caixas de papelão, papel jornal e até papel para impressão Offset, que pode ser transformado em cadernos, livros, materiais de escritório, envelopes, entre outros, dependendo da qualidade do papel de origem, geralmente mais puro, proveniente de aparas gráficas.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *