Compra de papel reciclável: entenda como o mercado funciona

O mercado de compra de papel reciclável é uma das melhores novidades no Brasil em termos de movimento orgânico em favor da preservação ambiental.

A explicação para isso é que a compra de papel reciclável pela indústria impacta diretamente no equilíbrio ambiental. Isso ocorre na medida em que a base da cadeia de suprimentos se desloca da floresta para o lixo.

O Brasil já consegue obter toda a celulose empregada na produção de papel e papelão de matéria-prima extraída de florestas replantadas. A preservação total do manancial nativo de pinus e eucalipto, principais fontes de celulose para a indústria de papel, ganha reforço com o crescimento acelerado da indústria de reciclagem, a matéria-prima que veio do lixo.

A compra de papel reciclável é a atividade que movimenta toda essa indústria de substituição da matéria-prima nativa pela reciclada. É feita por empresas aparistas, que movimentam a cadeia de logística da indústria da reciclagem, comprando o material em diversas fontes, transportando, fazendo o tratamento necessário e revendendo às usinas de reciclagem.

Como funciona o mercado de compra de papel reciclável?

A base da cadeia de suprimento da indústria da reciclagem é ampla e complexa, pois abrange desde o consumidor comum até as empresas que produzem aparas de papel em seus processos industriais.

Fazem parte dessa base empresas de comércio varejista, condomínios, universidades, escolas, indústria gráfica, transportadoras, repartições públicas e muito mais. Daí você pode imaginar o imenso contingente de recursos humanos, materiais e tecnológicos que precisa ser empenhado em gerenciamento, coleta, transporte e tratamento.

Tudo isso é antes de chegar às indústrias de reciclagem, propriamente. Você, que produz a sucata de papel reciclável, vende o material para as empresas aparistas, que possuem grandes estruturas de logística para:

  • coletar a sucata;
  • transportar o material;
  • tratar e enfardar o produto para revender à indústria de reciclagem.

As aparistas, devido às suas estruturas mais robustas, compram também das cooperativas de catadores, que possuem grande importância nessa indústria.

O material colhido e enfardado pelas empresas aparistas é vendido às usinas de reciclagem. Lá o material é transformado novamente em pasta de celulose, a matéria-prima que abastece a indústria de papel, papelão e embalagens.

O ciclo da economia circular se fecha no momento em que o papel retorna para o mercado de consumo na forma de novos produtos.

Como participar desse círculo virtuoso?

Para participar do mercado de compra de papel reciclado, você só precisa fazer a correta separação e armazenagem dos seus resíduos de papel.

Separar o papel de outros materiais e mantê-lo em um incipiente seco preservará sua integridade e contribuirá para valorizá-lo na hora de vender.

Depois é só procurar as empresas aparistas e fazer sua cotação. Assim você terá ideia do preço a que esse tipo de material está sendo negociado no mercado.

Caso você esteja na grande São Paulo, entre em contato com a Aparas Macedo. Nós pagamos preço justo, coletamos e transportamos seu produto.

Para você ter uma ideia mais ampla sobre a importância da indústria de reciclagem, confira este vídeo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *