Você sabe como é feita a reciclagem de sucatas de papelão?

Por ser um material muito comum e bastante utilizado no nosso dia-a-dia, o papelão costuma ser separado do lixo orgânico pela maioria das pessoas (ou, pelo menos, deveria ser!). Afinal, esse produto é reciclável e pode ser reinserido no mercado produtivo. Do contrário, ele passa a ser mais um poluente quando jogado direto no meio ambiente. Mas você sabe como é feita a reciclagem das sucatas de papelão? Confira abaixo.

O que são sucatas de papelão?

As sucatas de papelão nada mais são do que restos ou sobras do material pós-consumo, indicadas para reuso. O papelão é muito usado para embalar produtos durante o transporte até chegarem em seu destino, por indústrias e grandes atacadistas. Muitos embalam suas mercadorias em caixas desse material ao enviá-las a centros de distribuição e lojas.

Ao chegar nos comerciantes, os produtos são desembalados para serem vendidos em menor quantidade ao consumidor final. Por fim, as pessoas em geral acabam descartando as embalagens em suas lixeiras, porém, de forma mais fracionada. Todo esse processo gera uma grande quantidade de sucata de papelão que precisa ser reaproveitada.

Como é realizada a separação e quem compra sucata de papelão?

O processo de separação do material começa já nas casas, estabelecimentos comerciais e indústrias, onde o descarte deve ser feito de forma consciente, separada do lixo orgânico. Uma vez segregado, o produto pode ser coletado diretamente por empresa que compra sucata de papelão, quando em grande quantidade, ou por cooperativas e catadores, nos casos de pequenos volumes.

As empresas especializadas em sucatas, aparas e materiais recicláveis são responsáveis pelo tratamento, triagem e compactação de diversos pedaços usados de materiais com base em papelão, como cartolina, aparas de papelão, papelão marrom, misto, papelão ondulado, papelão de terceira, entre outros.

Como é feita a reciclagem de papelão?

As recicladoras compram as aparas e sucatas de papelão das empresas aparistas. Como o material já foi corretamente selecionado e enfardado, o processo acaba sendo facilitado. O papelão é triturado, misturado à água e colocado em uma enorme máquina centrifuga, que separa as fibras do produto de impurezas. Depois, a mistura é alterada com o uso de produtos químicos visando atingir uma coloração unificada. No fim, a pasta resultante desse processo é prensada e, posteriormente, levada para secagem, completando o ciclo de reciclagem de papelão.

A partir da compra de sucatas de papelão, aparas de papelão ondulado, entre outros,e da sua reciclagem, é possível fabricar novas embalagens, caixas e produtos com o material, bem como obter matéria-prima para industrialização e confecção de bobinas e tubetes de papelão.

Além de ser uma forma de gerar renda com produtos que iriam para o lixo, a atividade de compra e venda de papelão usado também preserva o meio ambiente, pois evita o desmatamento de árvores, o desperdício e o consumo excessivo de água e energia elétrica.

Precisando vender sucata de papelão em São Paulo?

Se você ou sua empresa quer vender sucata de papelão em São Paulo, entre em contato com a Aparas Macedo. Localizada em Osasco, a empresa tem grande experiência nesse ramo e uma política comercial diferenciada, com pagamento em até 24 horas. Solicite o seu orçamento.

O que achou do processo de reciclagem de sucatas de papelão? Gostou da postagem? Comente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *